terça-feira, 13 de novembro de 2012

O Trigesimo Primeiro Chifre

Hoje dia 11/11/12, ela saiu as 22:53, voltou as 00:07 para encontrar com
seu amante tradicional, usando uma calcinha preta de rendinha. Estávamos
em um aniversário e quando fomos embora ela viu seu amante em Bar e
parou, e mandou eu descer e comprar alguma coisa, imediatamente eu o
fiz, e fomos embora, logo depois ele ligou e marcou de encontrar com
ela. então ela saiu as 22:53 para encontrar com ele, usando uma calcinha
preta de rendinha, se encontrou com ele, entrou no carro dele, e foram
dessa fez para uma estrada de terra com pouco movimento, pois ele estava
sem a chave do quartinho que ele pega ela sempre, chegando la,
encostaram o carro e começaram a se pega, ela tirou a roupa dele e
começo a beijar sei peito todinho, ele ficou doido de tesão e deu o
troco o troco, pois tirou sua roupa a deixando somente de calcinha e
mordeu seu peitinho, ai ela pegou no pau dele e puxou sua calcinha de
lado e sentiu o prazer de um pau grande preenchendo sua bucetinha de
puta, ai ela arrancou a calcinha e ficou em pé dentro do carro, e mandou
ele meter nela com força, ele meteu forte, mas após um tempo eles
estavam muito suados devido ao calor dentro do carro, então ele abriu a
porta e desceu e chamou ela, na mesma hora ela saiu do carro e ficou do
lado do carro e mandou ele meter gostoso, ai após um tempo ele a pegou e
colocou encima do capo do carro, com as pernas arreganhadas e mandou ver
na minha putinha, que ficou toda exposta, a sorte e que não passou
ninguém naquela hora, pois minha cidade e pequena de mais, e se alguém
visse, minha fama de corno iria pegar mais rápido do que fogo na
gasolina, ai após meter por uns 30 minutos, na minha putinha que estava
ainda encima do capo, ele tirou o pau e gozou sujando a perna e a
bundinha dela, então eles foram embora e ela chegou em casa as 00:07,
onde o corninho a esperava, para saber de tudo, cheirar a bucetinha da
sua amada e que sabe ganhar uma punhetinha.

domingo, 11 de novembro de 2012

O Trigésimo Chifre (Novo Amante)

minha amada esposinha a algum tempo vinha conversando pela internet com
um cara aqui da minha cidade, um cara conhecido já que minha cidade e
muito pequena, eles conversarão muitas besteiras e as conversas as vezes
ficam quente, mas não passava disso ai ontem dia 09/11/12 ele
conversando com ela e como de costume ele a convidou para ir ate sua
casa, ai ela de brincadeira disse para ele que estava sozinha e se ele
queria vir ate a minha casa, ai para surpresa dela ele ficou interessado
e ela foi dando corda para ele, ai ele perguntou onde era, e passou o
telefone dele para ela, ai ela ficou doida com medo de ele realmente ir
la, ai o corno aqui teve que sair de casa as pressas, e logo depois ela
viu um carro próximo a nossa casa e ligou para ele e perguntou onde ele
estava, era 22:22 e ele disse que estava em frente a casa, ai ela correu
para o quarto colocou uma calcinha fio dental, um shortinho jeans ligou
para o corninho avisando que iria dar gostoso e ligou para ele novamente
mandando ele entrar na garagem, e para a surpresa dela ele já estava
esperando na porta, então ela abriu a porta da cozinha e ele já entrou e
começaram a se pegar ali mesmo, ele já foi passando a mão nela toda e a
encostou na pia e deu o maior amasso na minha esposinha, ai ela o levou
para nosso quarto e assim que entraram começaram a sem pegar de novo,
ele a jogou na nossa cama, abriu o zíper da calça e mostrou o pau duro
para ela e disse: OLHA O JEITO QUE VC ME DEIXOU, ela já levantou e pegou
no seu pinto duro e o puxou para cima dela na cama, e ele já foi
arrancando o seu short e sua calcinha e meteu gostoso na minha esposa
putinha na posição de papai e mamãe, ai depois ela pediu para ele comer
ela de quatro, então ele a colocou de quatro em cima da caminha onde o
corninho e sua esposa putinha dormi e meteu com força, quase quebrou a
cama, ate que na hora de gozar ele tirou o pau para fora e lambuzou a
bundinha da minha amada com sua porra grossa, logo depois ele foi
embora, com medo do corno chegar, não sabe ele que o corno além de manso
e submisso e adoro ver sua esposinha cheia de porra. e as 22:49 ela me
ligou dizendo que ele já tinha ido e que tinha metido gostoso. essa foi
a primeira vez com ele, pois ate então so tinha conversado pela internet
e de cara foi na nossa casa e na nossa cama, agora vamos se ele vai
querer mais, e lembrando que ela vai continuar dando para o amante fixo,
que ela tem desde fevereiro, e ainda esta de olho em um policial, esta
saindo mais puta do que imaginei.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

O Vigésimo Nono Chifre

hoje dia 06/11/12, Ela saiu as 22:37, para se encontrar com seu amante
fixo, desta vez ela resolveu o surpreender, se maquiou vestiu um
vestidinho preto tomara que caia soltinho, e sem usar calcinha, e ainda
foi de moto, além de levar um óleo para passar na bucetinha para ela
ficar mais quente do que já e e me mandou passar um pouquinho no meu
pintinho, para ver se realmente funcionava, ela antes de sair falou no
meu ouvido: SEU IDIOTA, SEU CORNO, TO SAINDO SEM CALCINHA PARA DAR A
BUCETA BEM GOSTOSO, SEU CORNO. ai ela saiu e so voltou as 23:53, a
encontrei na garagem, já fui passando a mão na sua bundinha e me
ajoelhando aos seus pés e levantando seu vestido e admirando sua
bucetinha, fomos para o quarto, e nos deitamos onde ela foi me contando
os detalhes, ela me disse que foram chegando no quartinho e sentaram no
colchonete e começaram a se beijar e ele foi passando a mão na sua
cintura e foi descendo, passando a mão na sua coxa, tentando sentir sua
calcinha, voltou passando a mão por debaixo do vestido, e quando viu que
não tinha nada, perguntou a ela cadê sua calcinha, e ela disse que
estava sem, e ele ficou doido de tesão, disse que ela era doida, ai ela
tirou toda a roupa dele e ficaram se beijando e ele colocou o dedo na
dentro da sua bucetinha e ficou mexendo, e ela ainda me disse que o dedo
dele e mais gostoso que meu cacetinho de nada, depois ele deitou no
colchonete de barriga para cima e ela sentou na pica dele e começou a
rebolar como so ela sabe, como ele estava com muito tesão, ele teve que
segurar ela impedindo que ela rebolasse e depois a soltou deixando ela
rebolar mais um pouquinho, ai ele tirou o pau e chegou a gozar um
pouquinho, e depois ela voltou a rebolar gostoso, ai ele a deitou de
barriguinha para cima e colocou as pernas dela no ombro dele deixando
sua bucetinha gostosa totalmente a exposição do cacetão dele, e ai como
ela mesmo me disse, MO AI ELE METEU VIU, COMEU GOSTOSO DE MAIS, e foi
assim por cerca de uns 40 minutos ate ele gozar na sua barriguinha,
sujando de porra seu umbiguinho e sua tatuagem, após isso eles se
limparam e foram embora, e já em casa ela me mandou cheirar e lamber
para ver se ainda tinha gostinho de leite, foi maravilhoso, delicioso e
com um gostinho que so quem já provou leitinho de macho sabe do que
estou falando, depois disso eu cheirei toda sua bucetinha que estava com
um cheiro de pau danado, e depois eu a tentei comer mesmo sem ela
deixar, coloquei meu pau na portinha da bucetinha dela, e ela me xingou,
mas disse que queria somente encostar nela, comecei a forçar e meu
pintinho estava quase entrando, quando ela me deu um tapa na cara e me
disse para tirar esse pauzinho ridículo da buceta dela, eu quase gozei
nessa hora, fiquei com tanto tesão que não resisti e tive que obedecer,
ai ela me deu um monte de tapa na bunda e nos fomos para o banheiro, eu
me ajoelhei no chão igual a um cachorrinho frouxo, e ela me disse que
iria contar para uma amiga dela, que além de eu ser chifrudo tinha
salsichinha, e que iria dar para um policial que estava dando mole para
ela e iria contar os detalhes para sua amiga, e que provavelmente ela
iria contar para uma outra amiga e que eu iria ficam com a maior fama de
corno entre as amigas dela.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

O Vigésimo Oitavo Chifre

Dia 29/10/12, ela saiu mais uma vez para se satisfazer na pica do
comedor fixo dela, colocou uma calcinha fio dental amarelinha linda, um
macaquinho branquinho, que nem apareceu a marquinha da calcinha, parecia
que estava sem, e foi ao encontro do prazer, encontro ele no lugar de
costume, entrou no carro dele, e foram ate o quartinho em que o safado a
come sempre, eles começaram a se pegar e tirar a roupa, e ele disse que
achou que ela estava sem calcinha, pois não marcava, tirou sua roupa,
ela já pegou no seu cacetão de 18cm que e bem diferente do meu de 9,5cm,
abaixou e começou a chupar gostoso, ai ele a deitou no colchonete, e deu
o pau para ela e tirou sua calcinha fazendo um 69 delicioso, após isso
ele a colocou deitadinha de bundinha para cima e meteu na sua bucetinha
com força, depois a colocou na unica posição que eu consigo comer ela
devido ao tamanho do meu pinto, que e a velha e conhecida papai e mamãe,
e meteu por uns 40 minutos ate tirar o pau para fora e gozar na
barriguinha deliciosa, depois disse se vestiram e foram embora e quando
ela chegou em casa achou seu maridão de quatro, pelado igual um
cachorrinho obediente e com um dedinho no cuzinho, esperando sua dona,
para cheirar sua bucetinha metida e lamber sua barriguinha com gostinho
de porra de macho de verdade.

O Vigésimo Sétimo Chifre

dia 15/10/12, as 23:06 ela me colocou mais um, dessa vez a hora demorou
a passar fiquei em casa esperando num tesão louco, ela fudeu por umas
duas horas, e quando chegou em casa, eu já não aguentava mais de tesão,
que eu a esperei de quatro na garagem com uma mão no pintinho, e a outra
com o dedinho no cuzinho, ai fomos para o quarto e ela me contou os
detalhes, me disse que ele chupou os peitinhos dela, foi descendo ate
sua barriguinha, mordeu seu umbiguinho, desceu e beijou do ladinho de
sua bucetinha, e ai sim caiu de boca e chupou sua bucetinha todinha,
como ela mesmo me disse, que foi muito melhor do que qualquer chupada
que eu já dei nela, ai ela depois chupou o pau dele, e começaram a meter
de ladinho após uns 20minutos, ele a colocou de joelhos encima de uma
cadeira de bundinha virada para ele, e meteu com força na buceta dela,
deu tapa na sua bundinha e a chamou de cachorrinha, meteu por uns 50
minutos, ate gozar, ai eles foram embora, e a deixou na sua moto e ela
veio para casa, toda satisfeita, mas reclamando que estava toda
dolorida, mas se ele quisesse, repetiria a dose no dia seguinte, e o
corno aqui so ganhou uma punhetinha, no banheiro que não durou nem 10
segundos.

O Vigésimo Sexto Chifre

Ganhei meu Vigésimo Sexto Chifre, mas nesse dia eu não estava em casa,
quando ela chegou, então não pude sentir o gostinho de pau de macho na
sua buceta, e assim não ouvi os detalhes da foda com seu amante, e
fiquei so chupando dedo, pois tinha saido e ela aproveitou para dar
gostoso para o pauzudo do seu amante, mas depois ela me contou alguns
detalhes, so alguns, me deixou de pau duro e me vez gozar sem nem
colocar a mão no meu pintinho ridículo, mas de qualquer forma eu adorei,
pois ganhei mais um chifre na minha cabeça.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

O Vigésimo Quinto Chifre

Terça Feira de 02/10 de 2012, as 23:28 ela chegou em casa metida mais
uma vez para seu amante fixo, eu a recebi na garagem e levei direto para
o quarto, onde ela me contou mais uma vez os detalhes mais picantes da
sua foda gostosa com seu amante pauzudo, fiquei louco de tesão, mas ela
nao me deixou comer e nao bateu nem uma punhetinha rápida para mim, me
disse que nao valia a pena perder 10 segundos com meu pintinho frouxo.